6 tecnologias para melhorar resultados de agências de comunicação

resultados de agências

Não há mais como fazer comunicação sem utilizar as tecnologias disponíveis no mercado. O jornalismo vem se apropriando de algumas ferramentas inovadoras para a produção de matérias ou para a criação de novas plataformas. O público também é impactado, interagindo cada vez mais com a mídia e participando diretamente das escolhas das pautas por parte dos veículos e afetando os resultados de agências.

Na assessoria de imprensa não é diferente. Assim como os jornais se preocupam em monitorar a audiência, veículos concorrentes, redes sociais e a aceitação do público em relação às notícias, os assessores de comunicação precisam ficar atentos a isso tudo e mais. Devem fazer o acompanhamento, também, dos veículos e dos jornalistas que publicam as notícias. É aí que as tecnologias para melhorar resultados de agências entram na rotina dos assessores e, consequentemente, dos assessorados.

Por resultados, no caso, entende-se: maior visibilidade do cliente na mídia e, consequentemente, pelo público. A tecnologia auxilia nos indicadores de resultados e no planejamento estratégico de comunicação.

Separamos seis tecnologias para melhorar resultados de agências de comunicação. Confira para que servem e alguns exemplos de ferramentas.

Principais tecnologias para melhorar resultados de agências

1. Publicadores de notícias

Os publicadores online de notícias podem ajudar na divulgação de releases de assessoria de imprensa. Jornalistas e assessores têm mais um canal de acesso, gratuito ou pago, para troca de informações. Muitas assessorias ainda usam os publicadores de notícias para apresentar resultados aos clientes. Exemplos: Dino e Maxpress.   

2. Google Analytics

Outra tecnologia para melhorar resultados de agências é uma das ferramentas do tão conhecido Google. O Google Analytics permite que o assessor de imprensa acompanhe se as ações de comunicação, de alguma forma, geraram maior tráfego no site ou blog do cliente, por exemplo.

Você pode visualizar quais são as palavras-chave que mais trazem pessoas para o site e de onde eles vêm: redes sociais, ferramenta de busca do Google ou de links utilizados nos releases e publicados pelo veículo, por exemplo.

O assessor precisa trabalhar melhor o SEO nos releases e unir o trabalho de assessoria de imprensa com o marketing digital das agências de comunicação.

3. Google Alerts

O Google Alerts serve para facilitar o monitoramento de notícias do cliente e de palavras-chave que interessem a ele. É uma tecnologia para melhorar resultados de agências porque mostra, com os alertas, quais os canais que citaram o assessorado e facilita a clipagem posterior.

4. Social Analytics e monitoramento de redes sociais

Não tem como fugir do monitoramento de redes sociais. Esses canais digitais são um termômetro da imagem do seu assessorado por parte do público. Diversos canais da imprensa já publicam as notícias em seus portais e fazem a chamada pelas redes.

Ali ficam gravados alguns dados importantes como número de visualizações, alcance, comentários, curtidas e compartilhamentos. Fora as redes sociais do próprio cliente, que são alimentadas pela assessoria de imprensa. Com o social analytics, a agência pode realizar análises comparativas da performance dos assessorados e dos seus concorrentes.  Exemplos: Hootsuite, Buzzmonitor, Cyfe e SocialBakers.

5. Monitoramento de e-mails

Essa tecnologia talvez ainda seja pouco conhecida no mercado e é uma das mais importantes para os assessores de imprensa. O e-mail é o principal contato com o jornalista. Assessores enviam e-mail com release, sugestão de pauta, para marcar entrevistas e estabelecer o contato dentro da redação. Além disso, é muito usado com os próprios assessorados. Portanto, é fundamental que a assessoria de imprensa saiba se o destinatário abriu o e-mail.

Dependendo do resultado, o assessor também pode alterar a forma como escreve as chamadas do e-mail quando envia releases e sugestões de pauta. Às vezes uma alteração no título pode fazer toda a diferença entre a abertura ou não do e-mail pelo jornalista. Exemplo: MailTrack, (extensão do navegador Chrome, só funciona em contas do Gmail).  

6. Monitoramento de notícias

Por fim, a principal tecnologia para melhorar resultados de agências de comunicação é a ferramenta de clipping. A tecnologia consegue capturar as notícias de veículos de informação online e impressos e dão um panorama da visibilidade do cliente na mídia. Exemplo: NewsStream.

Sentiu falta de alguma tecnologia para melhorar resultados de agências de comunicação? Contribua e deixe aqui embaixo alguns exemplos.

ebook2-call-to-action