Publicadores de notícias e o resultado para o cliente

publicadores de noticias

Os publicadores de notícias funcionam como um espaço livre de inserção de releases. Os assessores de imprensa têm acesso à plataforma e os jornalistas cadastrados recebem os textos sobre os assuntos que mais lhes interessem. O publicador seria uma forma de facilitar a troca de informações entre os dois lados da moeda: assessores e jornalistas de redação.

Além da facilidade, os publicadores de notícias podem dar mais visibilidade na internet aos conteúdos trabalhados na assessoria de imprensa, sendo mais disseminado em sites e ferramentas de busca. Assim, a promessa é atrair clientes para o seu negócio, aumentar o tráfego e proporcionar melhores resultados aos clientes da assessoria de imprensa.

O Dino é uma dessas plataformas que oferecem o serviço de alavancar a publicação dos releases. Alguns publicadores de notícias, como o Dino, PR Newswire, Business Wire e Maxpress cobram um determinado custo de assinatura para operar. O Difundir é um exemplo de uma plataforma gratuita para troca de informações entre assessorias. Mas, esse espaço de livre circulação de matérias realmente interessam ao seu cliente? Os números de visualização e publicação em sites cadastrados pela plataforma podem ser importantes para o assessorado?

Antes de mais nada, o assessor de imprensa precisa avaliar a pauta conforme o público e o veículo alvo. Isso precisa estar alinhado com o planejamento estratégico traçado previamente com o cliente. Um assessorado que acabou de abrir a empresa quer focar mais na imprensa e portais regionais, além de veículos segmentados da mesma área. Diferentemente de uma empresa, ou organização, consolidada no mercado. Ela já pode ser procurada pela mídia e reconhecida como uma fonte especialista.

Talvez para um cliente iniciante no mercado de trabalho e que necessita divulgar a marca, publicadores de notícias podem ajudar na apresentação de resultados de assessoria de imprensa. Porém, é diferente de emplacar o assessorado na imprensa. As métricas precisam ser avaliadas de forma diferentes.

Além dos publicadores de notícias, com o que mais devo me preocupar?

Outro fator importante a ser levado em conta é o mailing abrangente desses publicadores de notícias. Se já é difícil monitorar veículos online e impressos quando você seleciona os jornalistas e veículos para enviar o release, imagine a clipagem a partir dessa plataforma. O publicador não dá conta de rastrear tudo. Então, o assessor de imprensa vai precisar ainda mais de um sistema de clipagem  de qualidade.

Como os publicadores de notícias mais reconhecidos têm um custo para utilização, é avaliar se os gastos com a plataforma serão compensados com a divulgação dos releases. Realmente vale a pena? Boas pautas, bem trabalhadas e humanizadas conseguem espaço dentro da mídia tradicional. O trabalho do assessor de imprensa é, também, saber se o cliente precisa desse gasto em comunicação ou não. Tudo depende do perfil do seu assessorado. E isso só pode ser resolvido por meio de conversa entre o cliente e o assessor de imprensa.

Você já utilizou publicadores de notícias para divulgar releases? Como foi a sua experiência? Positiva ou negativa? Comente aqui!

ebook2-call-to-action