7 lembretes para elaborar um release imbatível na era do jornalismo digital

jornalismo digital

Vivemos a era da assessoria de imprensa e do jornalismo digital. Muitas coisas nessas profissões mudaram por causa do mundo online, inclusive a execução de estratégias importantes como a elaboração de releases.

Para sobreviver ao mundo digital e conquistar bons resultados para o cliente da assessoria de imprensa, é preciso renovar o olhar em relação às estratégias de comunicação.

Sem essa mudança de pensamento, fica difícil alcançar os objetivos desejados pelo cliente. Pensando nisso, elaboramos este artigo para te mostrar que, com olhar estratégico e renovado, é possível estruturar um release poderoso para se encaixar na realidade do jornalismo digital.

Release e jornalismo digital: 7 dicas para uma estratégia de sucesso

Nossas 7 dicas têm o intuito de facilitar sua rotina. No entanto, é preciso deixar um lembrete: sabemos que cada caso é um caso diferente.

Portanto, antes de qualquer coisa, pense em como a elaboração de releases pode ser vantajosa para seu cliente, bem como outras estratégias podem ajudar a atingir os objetivos estipulados no planejamento de assessoria de imprensa.

1. Elabore um release com informações completas

A elaboração de releases para a era do jornalismo digital ainda segue um requisito da assessoria de imprensa tradicional: conteúdo relevante e completo, com as informações necessárias para a publicação do material em veículos noticiosos.

Isso é ainda mais relevante quando entendemos que, por causa das mudanças digitais e da incerteza em relação aos veículos impressos, muitas redações se tornaram enxutas.

O que isso significa? Os poucos jornalistas que continuaram nas redações recebem diversos releases por dia nas caixas de entrada de email.

Se os conteúdos não estiverem completos e com informações relevantes para os veículos noticiosos, a chance do seu material ser deixado de lado é grande.

Portanto, antes de disparar o release para os profissionais da comunicação, confira se seu release está de acordo com as principais questões jornalísticas. Lembre-se do lide e de informações complementares (como forma de contato, por exemplo).

2. Utilize diferentes formatos de mídias

No jornalismo digital, não trabalhamos apenas com o texto estático do jornal impresso, com o áudio do rádio ou com a imagem tradicional dos canais televisivos. Temos dinamicidade.

Isso exige um olhar estratégico do assessor de imprensa para entender que releases nem sempre são atraentes no formato textual.

O meio digital possibilita multimidialidade. Você pode elaborar um release com imagens, áudio, vídeo e até mesmo com infográficos.

Tudo depende do assunto que vai ser abordado pelo assessor de imprensa. No entanto, tenha noção de que o texto não é a única ferramenta que os profissionais têm à disposição.

3. Tenha olhar jornalístico

O terceiro lembrete do nosso artigo é: lembre-se de manter um olhar jornalístico quando for elaborar releases. Isso vai ser essencial para executar uma estratégia de sucesso.

Quando falamos em olhar jornalístico, abordamos relevância no assunto, elaboração de um título atraente, estilo de escrita e foco no público.

Esses fatores são fundamentais para escrever um release de sucesso para a era do jornalismo digital.

4. Não esqueça da realidade digital

Hoje, a divulgação de releases precisa ser guiada por um canal de comunicação fundamental na realidade digital: o uso das mídias sociais sociais, principalmente o Facebook.

Mídias sociais são essencialmente norteadas pelo termo engajamento. Seja a partir de curtidas, comentários ou compartilhamentos, os canais digitais são formados por interações entre usuários e conteúdos publicados pelas marcas.

A partir disso, é fundamental que o assessor de imprensa compreenda que os releases precisam ter um fator que ocasione esse engajamento nas mídias sociais.

Afinal, os portais de notícia ou jornais valorizam essa questão no meio digital. Portanto, quanto mais poder de engajamento e compartilhamento seu release tiver, maior será a chance do conteúdo se destacar na caixa lotada de e-mail dos profissionais da comunicação.

5. Valorize narrativas

Antes de investir tempo na estruturação do release, faça o seguinte questionamento: “por que as pessoas se interessariam pelo meu material?”. Essa é uma pergunta que deve ser mantra na rotina da assessoria de imprensa digital.

Afinal, o meio digital oferece uma quantidade diversa de conteúdos para os usuários. Então, reflita sobre o poder de atração do release que você vai elaborar envolvendo seu cliente.

Além de questionar o poder de envolvimento do conteúdo, lembre de uma coisa importante para o jornalismo digital: elaboração de narrativas.

Vamos exemplificar com um caso ocorrido em 2017 no Brasil e que provavelmente você conhece. Lembra da história do “menino do Acre”?. Esse fato rendeu diversas matérias jornalísticas, artigos opinativos e os mais diversos desdobramentos.

Por que as pessoas se interessaram pelo assunto? Pelo simples fato de existir uma narrativa que aguçou a curiosidade do público.

Claro que nem sempre é possível investir nesse elemento na elaboração de releases. No entanto, você pode investir em ações de storytelling para seu cliente. A eficácia da estratégia para atrair o olhar dos jornalistas é alta.

6. Lembre de SEO

Já abordamos várias vezes aqui no blog a questão do SEO na elaboração de releases. No entanto, esse é um assunto relevante quando falamos de assessoria de imprensa e jornalismo digital.

Afinal, uma das formas mais utilizadas para ser encontrado no meio digital é a pesquisa em sites de busca como o Google, que trabalha com técnicas de ranqueamento.

Na realidade digital, a elaboração de releases precisa seguir critérios relacionados à escolha de palavras-chave estratégicas, títulos e subtítulos, por exemplo.

Claro que isso só é válido quando seu release é publicado em alguma plataforma digital. No entanto, para ser relevante para o jornalismo da atualidade, é preciso colocar isso como pilar da produção e disparo de releases sobre seu cliente.

7. Evite “vender o peixe”

Nosso último lembrete para a produção de releases na era digital deve ser um mantra na rotina de qualquer assessor de imprensa que deseja se destacar na atualidade: não tente apenas “vender o peixe” de seu cliente.

Isso vale para a elaboração de releases, para a gestão de redes sociais e para qualquer ação no mundo digital. O consumidor não é mais passivo. Ele evita anúncios vazios que não acrescentam algo ao dia a dia corrido.

Portanto, entenda que se o release for apenas um meio de divulgar a imagem de seu cliente, a chance dos resultados serem bons diminuem.

Como driblar esse problema? Elabore releases ou sugestões de pauta sobre assuntos relevantes, utilize fontes, dados e outras coisas úteis para o leitor.

Um dos maiores problemas de muitas áreas da comunicação é pensarmos apenas no nosso lado. E o mais importante é nos colocarmos no lugar de quem vai consumir a informação. Não esqueça disso.

A elaboração de releases é apenas um dos obstáculos enfrentados pelos profissionais da comunicação na atualidade. Para se aprofundar no assunto, sugerimos o download do nosso ebook Muito além do release: desafios do assessor de imprensa digital.

BANNER_comkt-CI-muito-mais-que-release